sábado, 19 setembro 2020, 22:28
Início Notícias Brasil Corretor de imóveis de luxo revela o segredo do crescimento do setor...

Corretor de imóveis de luxo revela o segredo do crescimento do setor mesmo em meio a crise no país

De 2014 a 2019, o ritmo médio do crescimento da economia brasileira foi de tristes 0,6% ao ano, supondo que neste ano a economia cresça 1,7% este ano numa projeção otimista. Como a população brasileira aumenta a uma taxa superior a essa, a renda per capita do país tem encolhido desde então e o país enfrenta um período de recessão. No entanto, em meio a esse cenário de recessão, o mercado de imóveis de luxo segue aquecido e em crescimento. Como isso é possível?
Uma das principais referências no setor imobiliário, o empresário e corretor de imóveis de alto padrão Rafael Scodelario aponta alguns dos motivos que levam o setor a superar a crise: “embora em geral momento não é o dos melhores no Brasil, há espaço no setor imobiliário de alto padrão para o profissional que se atualizar e procurar entender qual é a necessidade deste tipo de cliente, e que esteja capacidade para atender às suas expectativas, sejam elas na obtenção de uma moradia ou investimento imobiliário. Assim, é certo que esse profissional estará à frente em qualquer cenário. Visando isso, criamos nichos de atuação, onde temos equipes especializada no segmento ecônomo, médio e alto padrão, assim podemos atender melhor nossos clientes”.

A procura por imóveis avaliados em mais de R$ 1,5 milhão continua a aumentar no Brasil, sendo um dos poucos setores que não foi atingido pela crise, e que pelo contrário, cresceu 20%, segundo o Sindicato da Habitação do estado de São Paulo (Secovi-SP). Rafael explica: “a crise não afetou esse público em específico, de alto poder aquisitivo, independente da atual situação financeira do país, são pessoas que gerem grandes fortunas, VIPs ou que tem multi fontes de rendimentos e aplicações”. 

No entanto, Scodelario revela que apesar deste mercado estar cheio de oportunidades, faltam profissionais qualificados para atender a este público: “hoje, mais do que nunca, estão faltando profissionais de verdade, não só no mercado imobiliário, mas no mercado em geral, sendo assim, profissionais éticos e que são especialista em seu segmento sempre tem trabalho. Digo sempre à minha equipe que ‘para especialista não existe crise’. O atendimento personalizado nunca foi tão preciso como nos dias de hoje”.

O especialista revela quais são as principais ferramentas que um corretor pode recorrer para fechar bons negócios: “a internet ajuda muito, mas em uma transação que, na maioria das vezes é sonhada e desejada, o cara a cara, olho no olho, o contato pessoal com o cliente, quantas vezes for necessário. Isto é fundamental para trazer confiança e credibilidade na transação. Ética e conhecimento atrai credibilidade, que atrai a confiança em uma negociação. Seu cliente confiando em você, o negócio estará feito, e além disso, terá indicações. Reputação é tudo neste mercado tão exclusivo”.

- Advertisement -

Deixe seu comentário

Últimas notícias

Tambaqui será destaque na FIESP

O Tambaqui e outros produtos de Rondônia serão apresentados para empresários paulistas na ação denominada “Rondônia Day”. O evento será realizado...

Brasil bate recorde de medalhas e fecha Pan em 2º após 56 anos

A delegação brasileira enviada para competir nos Jogos Pan-Americanos deixam a cidade de Lima com a melhor participação da história na competição...

Bolsonaro diz que Alemanha queria comprar a Amazônia

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, neste domingo (11), que o Brasil não precisa do dinheiro da Alemanha para preservar a...

Governo alinha ações para criar nova feira de agronegócio e exposições em Porto Velho

Conhecido pelas grandes feiras agropecuárias no interior e até internacionalmente através da Rondônia Rural Show, o Estado agora busca dar a população...

Morador de Monte Negro descobre estar com câncer após imigrar para os EUA

Amigos e familiares de Josias Marques da Silva de 34 anos levantaram uma campanha de ajuda de custo na internet para...